Da mágica das bibliotecas

Sexta-feira passada. Tive a grata surpresa de encontrar traduzido o livro que completa a coleção Coração de Tinta. Comprei na mesma hora euforia em saber que poderia voltar ao mundo de Coração de Tinta e revisitar meus personagens queridos. Porém estava lendo Eu sou o mensageiro(resenha em breve) que levei para o feriado e terminei na quarta, dia 13/10. Não pequei meu livro novo para ler pois estou em semana de provas e não queria me distrair.

Só que outra sexta-feira entra em minha vida e passei na Biblioteca para devolver o Mensageiro, deu mais uma olhada pelas estantes para ver livros para o desafio, e bem na vitrine “A mulher do viajante do tempo” me olhou com seus cabelos ruivos ao vento. No terceiro olhar ela me deu uma piscadinha e não resisti, troquei O mensageiro por ela, e já comecei a ler na fila esperando o ônibus.

Com menos de 10 páginas eles já me cativaram, um casal apaixonado, inteligente, amantes de artes e livros. Experimentando os encontros e desencontros da maneira mais inusitada. Lembrei-me imediatamente do filme Efeito Borboleta, o primeiro claro, porém esse protagonista é muito mais sábio e tem menos controle sobre para onde ou como se desloca no tempo.

Por enquanto é isso que tenho para falar do livro.
No caminho tinha pensado um texto mais bonito sobre esse sentimento de encontrar um livro e precisar ler, precisar levar pra casa. É inexplicável como algumas vezes o livro tem urgência. Existem muitos outros que quero ler, muitos outros que estão lá na biblioteca e são interessantes, que são de autores que gosto, ou que quero conhecer. Só que as vezes o livro te escolhe e você leve ele para te fazer companhia.

Anúncios

2 comentários sobre “Da mágica das bibliotecas

  1. Adoro bibliotecas… pena que elas não sejam convenientes ou tantas quanto deviam, né? Nem todo mundo tem esse privilégio.
    Eu tenho esse livro, nunca li. Falta de vergonha mesmo, hehehe…
    Beijos!

    1. Comprar livros é ótimo, mas com o preço que eles tem não da pra ficar arriscando muito. Com a biblioteca isso é posivel se não gostou é só devolver. Ter uma no caminho do serviço é totalmente perfeito.
      Dani o livro é bom mesmo. Ele me faz lembrar do ps. eu te amo, apesar de não ter lido, só visto o filme. É tipo amor da mesma magnitude.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s