Morte de Tinta

Chegamos ao desfecho da história e hora de nos despedirmos do mundo de tinta ou não. Vemos aqui a presença da morte ou melhor da grande Mutação, que vem cobrar de nosso protagonista um preço por ter criado uma ferramenta que permite a imortalidade.

Novos vilões e novos herois, novos amores e a força do mais antigo de todos, a maternidade, são ingredientes para conduzir nossa história.  Com um bom final mas principalemente com um desenvolvimento cativante.

Recomendo Muito a Cornelia Funke, espero conseguir os outros livros dela para ler.

Além da história com esse livro fiquei ainda mais orgulhosa do Carlos Drummond de Andrade, descobri que preciso Ler a Rainer Maria Rilke, que o livro Dreamfighter de Ted Hughes tem uma história sobre um pardal que salva o mundo sendo mais esperto que deus e eu achei essa ideia muito interessante. Além dos livros que ela cita que eu já li ela fala muito do Unico e Eterno Rei de T. H White de maneira que ele entra pra lista de desejos.

Morte de Tinta
Cornelia Funke
Cia. das Letras
2010
***** estrelas
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s